Surgiu um novo serviço, o Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP), onde desenvolvemos uma resposta dirigida a famílias com crianças e jovens em situação de risco. Aderimos ao então Programa Comunitário de Ajuda Alimentar a Carenciados (PCAAC). Realizámos uma candidatura ao Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES), do então Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, com o objetivo de construir um Lar Residencial para pessoas com deficiência.