Projeto ‘Renascer o Bairro das Palmeiras’

Reinventar. Revitalizar. Reencontrar. Reconstruir. Quatro verbos que se conjugam no ato de pôr em prática o projeto ‘Renascer o Bairro das Palmeiras’ que envolve este bairro localizado no concelho do Barreiro.

O envolvimento em forma de participação e de idealização do que cada habitante pretende para o Bairro das Palmeiras surge no âmbito do Programa Bairros Saudáveis. ‘Renascer o Bairro das Palmeiras’ é um projeto de que a NÓS é entidade promotora e que se desdobra em atividades que têm como fim impulsionar moradores e parceiros locais para novos projetos e formas de investimento neste bairro antigo.

 

– Como surgiu este projeto?

Quando se começou a falar do Programa Bairros Saudáveis, o Bairro das Palmeiras foi, desde logo, identificado para um eventual projeto. Foram mobilizados um conjunto de parceiros no sentido de equacionar a possibilidade de ser apresentada uma candidatura, visto que há muito que este bairro precisa de investimento e de intervenções concertadas que contribuam para a criação de mudanças.

Tratando-se de um Programa que prevê o envolvimento e a participação ativa dos moradores, foram auscultados os moradores, antigos moradores e pessoas com ligação ao bairro, para conhecer expectativas e necessidades existentes.

‘RENASCER o Bairro das Palmeiras’ foi, assim, o nome escolhido pelos moradores para este projeto.

O Bairro das Palmeiras é um lugar onde, em tempos, existiu vida própria, manteve um forte dinamismo através do movimento associativo, de iniciativas comunitárias, de atividade comercial, de práticas artísticas e desportivas muito diversificadas e relevantes para o Barreiro e que é recordado pelos moradores (e antigos moradores) com grande carinho e saudade.

Desde há vários anos, tornou-se num lugar isolado, desinvestido, com uma imagem ‘negativa’, sem o dinamismo de outrora, mas com gente que, apesar de tudo, ainda se sente feliz neste lugar, que deseja que o ‘seu’ bairro ‘volte a nascer’ e que acredita que tal é possível.

 

– No que consiste?

O Bairro das Palmeiras já foi alvo de alguns projetos, que ocorreram na década de 90. Este projeto em mãos diferencia-se pelos pressupostos previstos no Programa Bairros Saudáveis: um projeto que tem como objetivo contribuir para a qualidade de vida e bem-estar dos moradores. Pretende-se para tal, reinventar ideias e soluções para os problemas identificados pelos moradores, através da sua mobilização e participação; revitalizar, no sentido de dar vida e dinamismo ao bairro, valorizando as pessoas e os seus saberes; reencontrar memórias, a identidade e cultura e o sentido de pertença; reconstruir lugares, histórias e uma imagem mais positiva e saudável do bairro.

Um projeto integrado, que compreende os cinco eixos de intervenção previstos no Programa Bairros Saudáveis – Saúde, Social, Económico, Ambiental e Urbanístico. São exemplo de atividades deste projeto ações de educação para a saúde, a criação de uma resposta de apoio ao estudo a crianças e jovens, a requalificação de espaços comunitários, num total de catorze atividades que procuram contribuir para oferecer melhores condições aos moradores e dinamismo ao bairro.

 

– Parceiros envolvidos:

Este é um projeto que tem a duração de um ano. Um período de tempo curto para a criação das mudanças impactantes que se querem para o Bairro das Palmeiras. Assim, a rede de parceiros foi pensada e constituída de forma estratégica, de forma a ser possível a continuidade do trabalho iniciado no âmbito deste projeto.

Pretende-se que o ‘Renascer o Bairro das Palmeiras’ seja impulsionador de novos projetos e ações que venham a ser desenvolvidas no bairro, através da mobilização de esforços desta rede de parceiros, de outros que se venham a juntar e sobretudo do envolvimento e participação dos moradores, que se constituem como os atores fulcrais da mudança.

São parceiros: Associação NÓS, Município do Barreiro; União das Freguesias de Barreiro e Lavradio; ACES Arco Ribeirinho; Agrupamento de Escolas Augusto Cabrita; Divisão de Intervenção em Comportamentos Aditivos e Dependências, ARSLVT.IP; ADAO – Associação para o Desenvolvimento das Artes e Ofícios; Maria Fernanda de Freitas Silva (antiga moradora com forte ligação ao bairro).

A Associação NÓS surge como entidade promotora pela intervenção direta e conhecimento do território e por reunir os critérios para tal, de acordo com o regulamento do Programa Bairros Saudáveis. Porém, esta candidatura foi desenhada em parceria e contou com o contributo de todos.

 

– Contactos:

Email