Projeto ‘Aqui Estamos NÓS!’ … Em Entrevista

‘Aqui Estamos NÓS’! Com a chegada do final do ano 2020 chegou também um novo projeto social que visa contribuir para inverter o isolamento social e as menores oportunidades de qualidade de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade, de diferentes faixas etárias.

A NÓS está assim, no terreno, com o objetivo de promover atividades de animação e socialização junto dos utentes da resposta social de Serviço de Apoio Domiciliário, bem como de outras pessoas da comunidade que nos sejam sinalizadas por se encontrarem isoladas devido à inexistência de rede de suporte familiar ou pelo facto da sua capacidade física não lhes permitir ter acesso à sua rede de suporte.

‘Aqui Estamos NÓS’ visa também o desenvolvimento de atividades associadas à estimulação sensorial e cognitiva junto dos beneficiários do projeto que tenham diagnosticado ou que apresentem início de processos demenciais. Sendo a deficiência uma das principais áreas de intervenção da Associação NÓS, pretendemos também que o projeto possa abranger pessoas com deficiência que se encontrem, de igual modo, em situação de isolamento social.

Refira-se que este é um projeto cofinanciado pela Iniciativa Social Descentralizada lançada pelo BPI e pela Fundação “La Caixa” para apoiar projetos de âmbito local, de instituições privadas ou públicas sem fins lucrativos, para clientes BPI.Leia a entrevista abaixo, com respostas da coordenadora deste projeto, Marta Silva, sobre o mesmo:

NÓS: No que consiste o Projeto ‘Aqui Estamos NÓS’?

Marta Silva (MS): O projeto “ Aqui Estamos NÓS” tem como objetivo o combate ao isolamento social e estimulação cognitiva através da promoção semanal de atividades de animação e socialização ao domicilio, assim como promover a estimulação sensorial e cognitiva das pessoas que nos procuram ou são sinalizadas. Abrange pessoas com mais de 65 anos e pessoas portadoras de deficiência, sem rede de suporte familiar ou em situação de isolamento social num limite máximo de 30 beneficiários.

 

NÓS: Para além de ser cofinanciado pelo BPI e pela Fundação ‘La Caixa’, existem outros parceiros envolvidos?

Marta Silva (MS): Formalmente, o projeto tem apenas como parceiro a Fundação “La Caixa”. Porém, o projeto foi partilhado na comunidade e outras instituições do concelho têm conhecimento do mesmo, assim como a Câmara Municipal do Barreiro, podendo-nos sinalizar situações que considerem pertinentes ao acompanhamento do projeto.

 

NÓS: A procura de combater o isolamento tornou-se ainda mais necessária no âmbito da atual pandemia. Contudo, poderiam as atividades de animação e socialização dinamizadas neste Projeto, bem como as atividades associadas à estimulação sensorial e cognitiva das pessoas apoiadas, integrar os próprios serviços incluídos nos habituais Serviços de Apoio Domiciliário das instituições?

Marta Silva (MS): Atualmente, e mesmo antes da pandemia, o nosso Serviço de Apoio Domiciliário tem lidado diariamente com várias pessoas em situação de isolamento social, quer seja porque as suas limitações físicas já não lhes permitem realizar as atividades que habitualmente faziam e consequentemente acabam isoladas ou por não terem rede de suporte familiar. Torna-se essencial que as equipas de apoio domiciliário estejam preparadas para realizar atividades que vão muito além dos cuidados de higiene pessoal e da alimentação. Tradicionalmente, o apoio domiciliário está em muito focado na realização da satisfação das necessidades básicas, esquecendo que «a pessoa» vai muito além disso.

Isto leva-nos a pensar também que nos acordos de cooperação da Segurança Social, que contemplam uma equipa multidisciplinar não havendo assim recursos para a realização de um trabalho diferenciado. Cabe assim às instituições procurarem alternativas para darem resposta a estas necessidades, alternativas essas que, por vezes, acabam por ser reduzidas no tempo como é o caso deste projeto, cujo o financiamento foi apenas obtido para um ano de intervenção.

 

NÓS: De que forma as pessoas são sinalizadas à NÓS ou como estas podem diretamente solicitar apoio?

Marta Silva (MS): O projeto foi divulgado na comunidade e qualquer instituição ou pessoa pode referenciar via telefone (930557433)ou e-mail (aquiestamosnos@nos.org.pt) a pessoa em situação de isolamento. Deve ser contextualizada a situação em causa e indicados o nome da pessoa a beneficiar do projeto, o contacto e a morada.

 

Associação NÓS conquistou 2º lugar no ‘PRIO Softboard Heroes’

Associação NÓS conquistou 2º lugar no ‘PRIO Softboard Heroes’

Evento de surf decorreu em Santa Cruz Foi com grande satisfação que a NÓS – Associação de Pais e Técnicos para a Integração do Deficiente ficou em 2º lugar do PRIO Softboard Heroes, o novo evento solidário de surf em Portugal realizado a 16 de Julho, em Santa Cruz....

Farmácias Parreira promovem recolha de donativos

Farmácias Parreira promovem recolha de donativos

Atividade inseriu-se no âmbito do 39º aniversário da NÓS Durante a última semana, o Grupo de Farmácias Parreira promoveu uma Campanha de Recolha de Donativos em prol da Associação NÓS. Esta foi uma iniciativa que constituiu uma «prenda» no âmbito do NOSso 39º...

Associação NÓS entra na onda do ‘PRIO Softboard Heroes’

Associação NÓS entra na onda do ‘PRIO Softboard Heroes’

Novo evento de surf solidário realiza-se a 16 de julho 1 novo evento solidário, 16 surfistas e 4 equipas em representação de 4 associações de solidariedade. O ‘PRIO Softboard Heroes’ vai decorrer a 16 de julho, na Praia da Física, em Santa Cruz, e a Associação NÓS vai...

Projeto ‘Renascer’ dá primeiros passos

Projeto ‘Renascer’ dá primeiros passos

Bairro das Palmeiras inserido no Programa Bairros Saudáveis No dia 2 de junho, realizou-se a primeira reunião de parceiros, após a aprovação do Projeto ‘Renascer o Bairro das Palmeiras’, no âmbito do Programa público, de natureza participativa, ‘Bairros Saudáveis’. O...