Mercado de Trocas promoveu partilha e solidariedade

Com envolvimento da comunidade

“Atenuar as necessidades imediatas dos cidadãos que revelem vulnerabilidade económica e social” é o principal objetivo das Lojas Comunitárias (LC) do Barreiro e da Verderena. O Mercado de Trocas – «Dar e Receber» dinamizado no dia 11 de Abril, no Pateo Albers, no Barreiro, procurou envolver a comunidade local neste fim, enquanto espaço de solidariedade onde todos puderam ajudar com o seu contributo, desde adultos a crianças.
Entre as 10 e as 18 horas, o Pateo Albers na freguesia do Barreiro deu lugar a um alegre e participado mercado de rua, onde os visitantes puderam encontrar vestuário, artigos domésticos e pessoais, livros, brinquedos e bijuteria, entre outros artigos. Estes puderam ser trocados por produtos para bebé (fraldas, leite, cremes e papas) e produtos de higiene pessoal e habitacional, bens estes necessários na resposta prestada pelas LC do Barreiro e da Verderena, junto de famílias que se encontram em situação de carência económica.
Inserida no âmbito da programação da Quinzena da Saúde, da Solidariedade e do Voluntariado 2014, esta iniciativa promovida pelas LC do Barreiro e da Verderena foi também direcionada a crianças, nas quais se pretendeu incutir o espírito de solidariedade e para quem esteve disponível a dinamização de um conjunto de atividades lúdicas e animação. Para tornar o espaço mais apetecível e animado houve ainda a colaboração de artistas «prata da casa», tais como o Grupo Coral Alentejano ‘Unidos do Lavradio’, dois músicos do ‘Colectivo Alburrica’ e a Charanga ‘Nova Geração’ do Rancho Folclórico do Lavradio.
A NÓS – Associação de Pais e Técnicos para a Integração do Deficiente, enquanto entidade parceria das duas Lojas Comunitárias, esteve representada neste Mercado de Trocas pela sua equipa responsável pelo Protocolo do Rendimento Social de Inserção (RSI) na dinamização de algumas atividades. Paula Encarnação, coordenadora desta equipa, contextualiza a parceria da
instituição na dinamização das LC do Barreiro e da Verderena, recordando que a intervenção que a NÓS desenvolve com famílias em situação de carência económica “vai ao encontro da resposta prestada pelas LC, que se localizam nas zonas de intervenção do Protocolo RSI, Barreiro e Verderena”. “Desde o início da intervenção da equipa, é prestada uma resposta de apoio às famílias, ao nível de bens de primeira necessidade, através do Banco de Recursos da Associação NÓS. Com as LC, esta resposta ganhou maior expressividade, tendo em conta que passou a existir um espaço aberto à comunidade ao qual as famílias podem recorrer, mediante critérios definidos, e adquirir bens de que necessitam e que as LC têm disponíveis”, explica a técnica de serviço
social da NÓS. Paula Encarnação considera que “o balanço das LC tem sido muito positivo”, na medida em que “têm permitido o envolvimento da comunidade, através da doação de bens rececionados pelas LC”, assim como “tem proporcionado a muitas famílias o acesso gratuito a bens de que necessitam, existindo também a vertente da troca”. “É um espaço aberto a toda a comunidade, que visa contribuir para atenuar necessidades imediatas dos cidadãos que revelem vulnerabilidade económica e social”, sublinha a responsável.

Um espaço sem «carimbo de esmola»

No final do dia, foi com satisfação que a Câmara Municipal do Barreiro e várias entidades parceiras das LC do Barreiro e da Verderena – como a Associação NÓS, a União de Freguesias do Barreiro e do Lavradio, a União de Freguesias de Alto do Seixalinho, Santo André e Verderena, a União de Freguesias de Palhais e Coina, o Centro Jovem Tejo – contabilizaram e arrumaram os bens angariados. Ana Porfírio, presidente da União de Freguesias do Barreiro e do Lavradio, admite que “a importância destas Lojas tem sido crescente”, ao terem surgido “na sequência do aumento das necessidades de muitas famílias”.

“As LC são cada vez mais procuradas, embora haja muita «pobreza envergonhada». De facto, os portugueses vivem um momento muito difícil, em que se torna complicado garantir as necessidades básicas e isto é transversal”, recorda a autarca. Ana Porfírio realça ainda o facto de «solidário» ser “um conceito que nada tem a ver com caridade”, mas sim “com dignidade”, sendo que os produtos recebidos pelas LC surgem por dádivas de particulares e/ou apoios de entidade e empresas. “[É um espaço que] não diminui as pessoas; troca-se, não há dinheiro, mas não há o carimbo da esmola, pois a verdade é que todos nós temos coisas que deixamos de usar, porque deixam de nos fazer falta e estão boas, e, sendo assim, porque não trocar?”, sugere a presidente de junta. Recorde-se que a criação das LC do Barreiro e da Verderena foi fundamentada no contexto do Conselho Local de Ação Social do Barreiro (CLASB) e enquadra-se no trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal do Barreiro e entidades parceiras das freguesias envolvidas. Todos os bens que circulam através das LC são cedidos a título gratuito, assim como, outras formas de cooperação, que contribuam para o seu funcionamento – doação de bens, donativos em dinheiro para aquisição de bens necessários e doação de tempo como voluntário.

Projeto CLDS 4G Barreiro ‘COMsigo’ … Em Entrevista

Projeto CLDS 4G Barreiro ‘COMsigo’ … Em Entrevista

Proximidade, Capacitação, Participação, Mudança, Inclusão. Eis os conceitos que se unem no que distingue o Projeto ‘COMsigo’ que arrancou no concelho do Barreiro a 1 de setembro de 2020. Inserido no Programa Contrato Local de Desenvolvimento Social de 4ª Geração (CLDS...

Associação NÓS abrangida por apoio da IKEA Portugal

Associação NÓS abrangida por apoio da IKEA Portugal

Cerca de 200 crianças receberam brinquedos e materiais de estudo «Vamos brincar e aprender» foi o ‘desafio’ lançado pela IKEA a 10 mil crianças de todo o país, com a oferta de 76 mil artigos incluindo brinquedos e materiais de estudo. A NÓS – Associação de Pais e...

Associação NÓS cria Linha de Apoio Emocional

Associação NÓS cria Linha de Apoio Emocional

Medida está inserida no Plano de Contingência da Instituição A NÓS - Associação de Pais e Técnicos para a Integração do Deficiente tem em funcionamento, a partir desta segunda-feira, dia 06 de abril, uma Linha de Apoio Emocional para os profissionais desta...

NÓS promove Noite de Fados Solidária a 8 de fevereiro

NÓS promove Noite de Fados Solidária a 8 de fevereiro

Iniciativa recolhe fundos para novo CAO No dia 8 de fevereiro, a NÓS – Associação de Pais e Técnicos para Integração do Deficiente vai dinamizar o seu primeiro evento de angariação de fundos do ano 2020. No mesmo momento, o público presente poderá juntar uma noite bem...